Concluí a minha reserva de emergência, e agora?

Essa é uma pergunta que recebemos com muita frequência, por isso resolvemos criar este post e também um vídeo para deixar tudo mais claro. Basicamente, você precisa de três coisas:

1. Ter objetivos bem definidos;
2. Aprender sobre tipos de investimentos;
3. Conhecer o seu perfil de investidor.

Objetivos

Primeiro de tudo, defina os seus objetivos financeiros. Saiba por quê e para quê está investindo. A partir do momento que você sabe o que quer, escolher os investimentos se torna bem mais simples.

Por exemplo, se o seu objetivo é comprar um carro de 30mil reais em 5 anos, você já consegue calcular quanto precisa investir mensalmente para atingir o objetivo e também sabe que pode escolher investimentos com prazo de vencimento de até 5 anos. Desta forma, você terá um leque de opções que fazem mais sentido para a sua realidade.

Da mesma maneira, se o seu objetivo para daqui 3 meses, você não vai escolher um CDB com vencimento para 2 anos, certo? Por isso a importância de ter os objetivos bem definidos.

Aprender sobre tipos de investimentos

O ideal é que você invista somente naquilo que conhece. Por isso, bora consumir os nossos conteúdos aqui para aprender mais sobre os produtos e aumentar as suas opções na hora de investir.

Conhecer o seu perfil de investidor

Isso também é muito importante! Se você tem um objetivo para o longo prazo, como a aposentadoria, por exemplo, comprar ações pode ser uma boa opção. Porém, se você não se sente confortável com as oscilações do mercado, pode ser que entrar na renda variável só sirva para tirar o seu sono, então nesse caso é melhor seguir na renda fixa.

Por isso, conheça bem o seu perfil antes de investir.

Conclusão

Acho que agora ficou um pouco mais claro, né? Foca na definição dos seus objetivos, aprende o máximo que puder sobre investimentos e conheça bem o seu perfil de investidor, aí não vai ter erro!

Ficou com alguma dúvida? Compartilha com a gente!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...